Categorias
Geral

Agrião

O agrião é um pequeno vegetal verde escuro com um sabor ligeiramente picante. Cresce espontaneamente em solos úmidos perto de riachos. Na cozinha, o agrião é usado principalmente em saladas, mas também pode ser usado em pratos quentes, como sopas e purê de batata.

O agrião é considerado uma das mais importantes fontes de vitamina A, essencial para os olhos e a pele. Também tem um potencial muito elevado para sais minerais como iodo, enxofre, cálcio, fósforo e especialmente ferro. Porque o agrião contém poucas calorias e praticamente nenhuma gordura, é uma excelente dieta para pessoas com perda de peso. Portanto, é aconselhável servi-lo como um primeiro prato na forma de uma salada, especialmente em dias quentes, porque também tem propriedades refrescantes.

Se for de boa qualidade, o agrião deve ter folhas verdes muito escuras, brilhantes, firmes e tenras, sem manchas nem vestígios de insectos. As folhas amareladas e secas indicam que o agrião já é velho, por isso o seu consumo não é recomendado. Limpe cuidadosamente em água corrente para armazenamento. Retire as folhas amarelas e guarde-as na gaveta do frigorífico.

Foto: Reprodução

Os benefícios do agrião para a saúde incluem a prevenção do cancro da mama, o fornecimento de um rico suprimento de vitamina C necessária para restaurar o tecido cerebral, aumentar a imunidade, diminuir a pressão arterial, melhorar a função da tiroide e prevenir a deficiência de ferro. Outros benefícios incluem prevenir ressacas, promover a perda de peso, limpar o sangue, preservar ossos saudáveis, tratar diabetes, melhorar a visão, reduzir danos por estresse oxidativo, controlar a função da vesícula biliar, apoiar a saúde do cabelo, fortalecer os dentes, prevenir resfriados regulares e melhorar a saúde do cérebro.

O agrião é uma origem mineral escura, densa, verde, verde, da Ásia e da Europa e cresce na água de nascente natural e em riachos lentos e sinuosos. Tem um sabor ligeiramente picante e um equilíbrio interessante de caules comestíveis, crocantes e folhas macias.

Este vegetal tem sido conhecido como uma erva maravilhosamente nutritiva e uma solução natural para muitas doenças – e você provavelmente está mais familiarizado com seu uso em sanduíches, saladas e como um prato parcialmente vaporizado. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças classificam o agrião como uma “casa de força” dos vegetais.

Foto: Reprodução

O teor de vitamina C do agrião é superior ao de uma laranja! Também contém mais ferro do que espinafre, mais cálcio do que leite e mais ácido fólico do que bananas. A planta também possui altos níveis de vitamina A, vitamina B6, vitamina B12, cálcio, fósforo, ferro e magnésio, que são essenciais para um corpo saudável.

O Agrião-de-água é um vegetal com incríveis benefícios para a saúde devido ao seu elevado teor de fitoquímicos chamados isotiocianatos. Os mesmos componentes para o controle de doenças também podem ser encontrados em brócolos e repolhos. O agrião é também uma das plantas mais ricas em nutrientes conhecidas pela humanidade.

O agrião apresenta folhas alternadas, constituídas por 3 a 11 folhas alongadas e flores brancas amarelas nuas, dispostas em variedades curtas, terminais ou auxiliares; solo silicioso subcilíndrico de 5 cm de comprimento, com sementes acastanhadas, adequadas, rugosas, pequenas. Contém iodo, cobre, ferro, ferro, ferro, enxofre, fosfato e óleo essencial com enxofre azotado amargo e volátil.

Foto: Reprodução

O agrião foi recomendado para tuberculose pulmonar. É excelente para distúrbios digestivos caracterizados por fraqueza. Também é utilizado com sucesso em dispepsia associada a flatulência e amargura.

Para aqueles que não têm água corrente, é melhor plantar agrião em solo seco. A germinação dura 6 dias e pode ser plantada durante todo o ano. Semear a uma distância de 10 cm em ambas as direções numa cama bem fertilizada com matéria orgânica.

O sabor do agrião seco é exatamente o mesmo que o do agrião. Após 90 dias é possível colher agrião em solo seco, distinguindo-se apenas pelo tamanho das folhas menores.

Como a maioria dos vegetais folhosos, o agrião é um vegetal de baixas calorias. Fornece 22 calorias por 100 gramas.

Foto: Reprodução

É considerada uma das fontes mais importantes de vitamina A, essencial para uma boa visão e para a manutenção de uma pele saudável. Contém também vitaminas do complexo B (responsáveis pelo crescimento) e uma grande quantidade de vitamina C.

Tem um alto potencial para sais minerais como iodo, enxofre, fósforo e ferro. Eles são importantes para a função da tireóide, ajudam na formação de ossos e dentes, previnem a fadiga mental e estão associados à produção de glóbulos vermelhos.

O agrião combate o ácido úrico, a tuberculose, o raquitismo, as pedras nos rins, a cistite e os efeitos tóxicos da nicotina. Como um dos produtos mais ricos da natureza, o agrião é digestivo, bom para o fígado, diurético e bom para diabéticos.

O suco de agrião confere excelentes resultados para o tratamento do câncer de mama, catarro e reumatismo. Além disso, o vegetal também é eficaz contra a bronquite quando misturado com mel.

Foto: Reprodução

Devido às suas propriedades reafirmantes e estimulantes, o agrião tem a capacidade de estimular o apetite. Por isso, deve ser sempre servido como aperitivo em forma de salada, especialmente nos dias quentes em que é muito refrescante.

No momento da compra, escolha a embalagem com folhas verdes e brilhantes, firmes, limpas e sem manchas de insetos. Sob estas condições, ele pode ser mantido na geladeira por 3 a 4 dias.

O agrião é colhido entre os meses de janeiro e fevereiro e entre agosto e setembro. O agrião é um componente das saladas com propriedades saudáveis excepcionais. O agrião também estimula a formação de glóbulos vermelhos.

Foto: Reprodução

Quais são os benefícios do agrião?

Previne o câncer de mama

O agrião tem um nutriente anti-câncer muito eficaz. Estudos mostram que é tão eficaz que com uma única salada já é possível notar o aumento de moléculas na corrente sanguínea do corpo que podem prevenir e deter o cancro da mama. De acordo com pesquisas, aqueles que comem pelo menos 80 gramas de agrião por dia já podem ver resultados positivos.

Melhora a pressão arterial

Para além dos nutrientes do agrião, contém também uma série de metabolitos secundários que ajudam a reduzir o risco de várias doenças crónicas. Plantas cruciferas como o agrião têm um efeito positivo nos níveis de colesterol LDL, o que ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares como a arteriosclerose e outras doenças cardíacas crónicas.

Foto: Reprodução

Reduz o risco de osteoporose

Estudos mostram que alimentos ricos em cálcio, como o agrião, reduzem o risco de osteoporose. O cálcio ajuda a reparar e construir ossos e aumenta a produção de osteoblastos, as células responsáveis por esta actividade. Este desempenho é ainda melhor para os idosos, mas também excelente para jovens com um estilo de vida sedentário.

Funciona como um antidepressivo

Estudos mostram que baixos níveis de folato podem ser responsáveis por um aumento do risco de depressão. O ácido fólico trabalha com neurotransmissores, vias do sistema nervoso central que influenciam a produção de neuroquímicos como a serotonina; na depressão, que afeta uma proporção significativa da população mundial, a adição de alimentos ricos em folato, como o agrião, torna-se um suplemento dietético importante porque reduz o risco desta doença crônica.

Foto: Reprodução

Contribui para a saúde da gravidez

O ácido fólico é muito importante para o desenvolvimento de um embrião saudável. Além disso, as mulheres grávidas devem tomar pelo menos 400 mcg de ácido fólico diariamente para reduzir a incidência da doença. O agrião, com o seu elevado teor de folato, pode ajudar a reduzir o risco de complicações durante a gravidez.

É rico em Vitamina C

A vitamina C pode ter benefícios importantes na prevenção de doenças e no tratamento de outras complicações. É importante manter um alto nível de vitamina C no corpo para que o sistema imunológico funcione melhor.

Foto: Reprodução

Reduz o risco de catarata

Um estudo europeu demonstrou que a vitamina C pode reduzir eficazmente o risco de formação de cataratas. A ingestão de agrião com uma boa quantidade de vitamina C pode ajudar a proteger contra cataratas.

Melhora a asma pediátrica nas crianças

Um estudo com crianças asmáticas mostrou resultados de melhora significativa no quadro ao tomar 0,2 g de vitamina C diariamente. A ingestão de alimentos, como o agrião, pode ajudar a aliviar a asma infantil.

Agora faça um orçamento para papel de semente, em tamanhos diferentes, com sementes de agrião.

Foto: Reprodução

Contribui para a perda de peso

Como o agrião é um vegetal de baixa caloria, cerca de 28 por dose, é um alimento que ajuda as pessoas que querem perder peso. Além disso, contém uma boa quantidade de fibras dietéticas solúveis e insolúveis, o que aumenta a saciedade e também melhora o esvaziamento intestinal.

Outro fator que torna o agrião magro é que ele tem um alto teor de potássio, o que segundo pesquisas é um incentivo para a perda de peso.

Protege a saúde dos pulmões

As vantagens do agrião para os pulmões são que contribui para a lubrificação do órgão, o que ajuda a prevenir a tosse, inflamação das vias respiratórias e dores de garganta.

Além disso, o agrião protege contra os efeitos das toxinas, especialmente quando fumado ou fumado, pela presença de uma forte substância fitoquímica chamada fenethyl-isothiocyanate, que promove a limpeza e recuperação dos pulmões.

Foto: Reprodução

Melhora a digestão

Esta planta contém enzimas que estão em clorofila e contribuem para a melhoria da digestão. Estas enzimas permitem a absorção de nutrientes durante o processo de digestão. Para beneficiar do agrião, é necessário consumir as folhas cruas, pois estas enzimas são destruídas durante a cozedura.

Colabora para a saúde óssea e oral

O Agrião-de-água é um alimento com um teor muito elevado de cálcio na sua composição. Por esta razão, é um forte aliado para a saúde dos ossos e dentes, tornando-os mais fortes e saudáveis.

Foto: Reprodução

Dá mais vontade de fazer exercícios físicos

O uso regular de agrião restaura o nível de energia do corpo, dando às pessoas fisicamente ativas um melhor humor. Isto torna possível realizar os exercícios durante um longo período de tempo sem comprometer o desempenho, enquanto a recuperação após os exercícios é ainda mais rápida.

Auxilia no tratamento de doenças respiratórias

O elevado teor de vitamina C nesta planta é essencial para fortalecer o sistema imunitário. Desta forma, ajuda a prevenir a gripe e as constipações e a tratar problemas respiratórios como bronquite, asma, sinusite, rinite, etc.

Isto também se deve às suas propriedades descongestionantes e expectorantes, que ajudam a eliminar o muco causado por estas doenças. O suco de agrião com leite e mel ajuda com bronquite, reumatismo e catarro. Misturado com mel, torna-se uma boa solução para combater a bronquite.

Deixe uma resposta